Palestra do Me. Luís Eduardo Fragoso

Contribuições da Ludicidade para a Formação de Professores de Crianças com Deficiência Visual.

Horário

16h às 16h30

Resumo

O tema ludicidade está intrinsecamente conectado aos sentimentos de prazer, de contentamento, de gozo contidos ou proporcionados nas vivências das pessoas no decorrer de sua existência, por meio das interações subjetivas entre seus pares. Isso vai de encontro ao senso comum que simplifica o referido termo às ações realizadas nos jogos, brincadeiras, atividades recreativas ou de laser. Dessa maneira, por acreditar que a ludicidade é algo singular e complexo, que impacta na constituição dos sujeitos, assim como o ser professor, acredito que as reflexões e discussões que pairam sobre o assunto podem contribuir com o processo formativo de professores e professoras que lecionam para alunos com cegueira e baixa visão na Educação Básica na perspectiva inclusiva, tamanha a importância e necessidade de pensarmos uma formação docente que valorize histórias, vivências, saber, sensações e relações interpessoais de quem participa do processo educativo.

Convidados

  • Me. Luís Eduardo Fragoso

  • Mestre em Gestão de Tecnologia Aplicada à Educação e Membro da Comissão Científica do CEI.

Sobre o evento

A inclusão escolar de Pessoas com Deficiência é, ainda, um grande desafio. O tema é foco de inúmeras discussões na atualidade, tendo em vista a necessidade do respeito às diferenças, dos direitos iguais de acesso ao conhecimento e do ensino de qualidade. Diante deste cenário, o intercâmbio entre profissionais da educação de países que falam a língua portuguesa surge como uma oportunidade preciosa de trocas sobre o assunto.
Sem dúvida, a programação do Congresso contribuirá de forma significativa para o alcance de um melhor atendimento às pessoas com deficiência nas escolas, além de favorecer a identificação das barreiras que dificultam a aprendizagem. Ademais, o compartilhamento das melhores práticas do processo de inclusão entre representantes de diferentes países favorecerá a busca por novos caminhos e estratégias que colaborem para o avanço da educação inclusiva.